sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

"DEUS SABE TODAS AS COISAS!"



O pregador, conferencista e autor americano A. W. Tozer afirmou que a onisciência de Deus é doce, pois "nenhum delator pode informar sobre nós, nenhum inimigo fará uma acusação; nenhum ‘esqueleto' esquecido virá a desmoronar-se de um armário escondido para nos constranger e expor o nosso passado; nem fraqueza insuspeitada subirá à luz para nos afastar de Deus, pois Ele sabe tudo sobre nós antes de nascermos e chamou-nos a Si mesmo em pleno conhecimento de tudo que era contra nós''.

Pedro humilhado, arrependido e quebrantado disse a Jesus em João 21:17: "Tu sabes todas as coisas, Tu sabes que eu te amo". Neste sentido, o nosso conhecimento de Deus não vem apenas da sua imagem em nós, mas também como uma resposta ao que Ele já sabe a respeito de nós. Somos importantes para Deus antes mesmo de descobrirmos que Deus é importante para nós. Como Eugene Peterson afirma: "Somos conhecidos antes de conhecermos".
Deus conhece o futuro e nunca será surpreendido por qualquer coisa que nos aconteça. É Ele quem fez a terra com o seu poder, estabeleceu o mundo com a sua sabedoria, e estendeu os céus com o seu entendimento. (Pv. 3:19, Jr. 10:12, 51:15). O apóstolo João declara em sua primeira carta (3:20) que maior é Deus do que o nosso coração, e conhece todas as coisas. A soberania de Deus está atada à sua onisciência. Aceite que não haverá momentos onde Deus diga: "puxa, por essa eu não esperava, não sabia que iria acontecer, ou sua decisão pegou-me de surpresa". Infelizmente, os fãs do teísmo aberto provocam essa insegurança no coração de cristãos desavisados. Embora Deus seja poderoso para eles, pensam que Ele não sabe exatamente todas as coisas que ocorrerão no futuro. Sem dúvida, um deus menor que o Deus altíssimo, criador do universo!
Deus também sabe tudo o que está no seu coração. "Não faleis mais palavras tão altivas, nem saia da vossa boca a arrogância; porque o Senhor é o Deus da sabedoria, e por ele são pesadas as ações" (1Sm. 2:3). Não há nenhum canto escuro ou compartimento secreto que Deus não possa iluminar. Assim você é convidado a abrir sua vida conscientemente ao Seu olhar orando a poesia de Davi no Salmo 139: "Senhor, tu me sondas, e me conheces. Tu conheces o meu sentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Esquadrinhas o meu andar, e o meu deitar, e conheces todos os meus caminhos. Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho perverso, e guia-me pelo caminho eterno". (Sl. 139:1-3, 23-24)
Tal estado de nudez interior sem uma saudável intimidade com Deus é desesperador. Vivemos tão preocupados com nossas deficiências e fraquezas e sobrecarregados pela culpa psicológica e vergonha social, que nos tornamos propensos ao autoengano, estratégias defensivas, autoalienação, antagonismos, dissociações e, em casos extremos, psicose. A partir da necessidade de nos proteger de nossa fragilidade interior, criamos e mantemos defesas tão poderosas; pensamos que somos autosuficientes e independentes. Tornamo-nos autoabsorvidos em nossa existência cavernosa e individualista.

Ao longo da vida, somente quando tocados pelo amor do Pai, aceitamos que Ele nos conhece melhor que nós mesmos. Não haverá segredos para Ele. Isso nos dará coragem para encarar a realidade, permitindo que o Espírito Santo, habitante do nosso eu interior, comece a curar, restaurar, reconciliar, baixar nossa guarda, retirar de nós a necessidade guerrilheira do ataque e da defesa, enfim, comprovar que Deus nos aceita pelo que somos.
Pessoas com essa esperançosa atitude de confiança que olha para o futuro, vão achar que as coisas são diferentes em suas vidas. Elas são otimistas, estarão mais aptas fisicamente, são geralmente mais felizes. "Conhecer a Deus e crer que existe um plano e propósito para nossas vidas deveria encher-nos de alegria", lembra-nos o teólogo e filósofo Dallas Willard. Embora a maioria das coisas esteja fora do seu controle e você certamente experimente níveis variados de sofrimento na vida, é fortemente encorajador saber que Deus sabe tudo o que acontece conosco, Ele está no absoluto controle, está sempre presente com você e faz com que as coisas cooperem para o seu bem, se você for cristão. (Rm. 8:28).
Não é por acaso que se você não estiver disposto a submeter-se ao amor eletivo e tiver dificuldades para aceitar a graça soberana de Deus, haverá um grande motivo para se questionar se você é mesmo cristão. Mas se você tiver um relacionamento pessoal com Jesus e acreditar que Ele é perfeitamente bom, essas verdades poderão contribuir para uma profunda sensação de conforto e segurança.

Tal consciência ajudará você na redução de seu estresse e de muitas das suas dificuldades psicológicas. O perfeccionismo, a sensação da insignificância, complexos de inferioridade, sentimentos de incompetência pessoal bem como patologias clínicas como ansiedades, fobias, transtorno obsessivo-compulsivo e depressão poderão ser impactados pela profunda aceitação da onisciência de Deus. Deus sabe todas as coisas! Deus conhece você!

AUTOR: Rubens Muzio
Postar um comentário