segunda-feira, 1 de abril de 2013

"NÃO TENHA MEDO DE ORAR!"


Ao visitar minha mãe recentemente eu estava folheando uma revista bem conhecida e me deparei com um artigo sobre uma atriz bem conhecida, que é um cristão professo. O artigo descrevia sua fé vibrante e o papel da oração em sua vida. Fui encorajado por seu cultivo de devoção constante. Eu quero crescer nessa também.
Mas o comentário que ficou comigo foi: "Eu não sei pedir [Deus] para a paciência, porque então ele me dá situações em que eu tenho que crescer mais paciente, eu aprendi essa lição!"

Deus abençoe a sua honestidade. Ao longo dos anos muitos cristãos sinceros já disse coisas semelhantes a mim. Peça a Deus para torná-lo mais piedoso eo que acontece? Você ganha mais dificuldade, mais luta e mais dor. Quem quer isso?

A resposta é: devemos! Não é a dor por si só, é claro. Mas, se a disciplina de dor produz um fruto pacífico de justiça (Hebreus 12:11), devemos suplicar para a disciplina. Se isso significa que será mais parecido com ele, mais profundamente conhecê-lo, ser mais livre da descrença com medo, e ter mais capacidade de amar os outros, devemos implorar para ele. "O amor é paciente" ( Coríntios 13:04). Se não queremos mais paciência, o que dizer sobre a nossa visão do amor?

E qual é a alternativa? Shallow amor? Tibieza? Não queremos que essa descrição por CS Lewis é sempre ser verdadeiro de nós?

Parece que Nosso Senhor encontra nossos desejos não muito fortes, mas muito fraco. Somos indiferentes criaturas, enganando sobre a bebida e sexo e ambição quando a alegria infinita nos é oferecido, como uma criança ignorante que deseja continuar fazendo tortas de lama em uma favela, porque ele não pode imaginar o que se entende pela oferta de um feriado no mar. Estamos muito satisfeitos com facilidade "( The Weight of Glory ).

Não! Não vamos ser tão facilmente satisfeitos! Não vamos ter medo de pedir a Deus para fazer "o que for preciso" para trazê-lo a maior glória ea nós a mais profunda alegria. Vamos realmente "prossigo para o alvo pelo prêmio da vocação celestial de Deus em Cristo Jesus" (Filipenses 03:14). Vamos desejar que o prêmio!

Oh Pai, o que for necessário, aumentar o nosso amor, aumentando a nossa paciência! O que for preciso, aumentar o nosso prazer em você! O que for preciso, alinhar os nossos desejos desonestos com o seu! O que for preciso ensinar-nos a confiar mais em você! E livre-nos a orar estas coisas! Em nome de Jesus, amém.

Eu entendo a nossa irmã atriz da revista, acredite em mim. Deus faz responder a esses tipos de orações. Eu sei que a partir da experiência e da disciplina é muitas vezes doloroso. Mas o que eu gosto de Deus e suas promessas durante estes tempos são tão preciosos que eu não iria trocá-los para o mundo. E eu quero mais. Então eu continuo rezando "o que for preciso", mesmo com algum tremor.

Hoje Jesus está lhe pedindo, "O que você quer que eu faça por você" (Lucas 18:41)? Não tenha medo. Peça (Lucas 11:09)! "É aprouve ao vosso Pai dar-vos o Reino" (Lucas 12:32).


AUTOR: Jon Bloom
Postar um comentário