quarta-feira, 20 de maio de 2015

"DEUS TE CHAMA PELO NOME!"


ISAÍAS 45. 01-05

1 Assim diz o SENHOR ao seu ungido, a Ciro, a quem tomo pela mão direita, para abater as nações ante a sua face, e para descingir os lombos dos reis, e para abrir diante dele as portas, que não se fecharão.

2 Eu irei adiante de ti, endireitarei os caminhos tortuosos, quebrarei as portas de bronze e despedaçarei as trancas de ferro;

3 dar-te-ei os tesouros escondidos e as riquezas encobertas, para que saibas que eu sou o SENHOR, o Deus de Israel, que te chama pelo teu nome.
4 Por amor do meu servo Jacó e de Israel, meu escolhido, eu te chamei pelo teu nome e te pus o sobrenome, ainda que não me conheças.
5 Eu sou o SENHOR, e não há outro; além de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que não me conheças.

DEUS NOS CHAMA PELO NOME

Eu me lembro do primeiro dia em que cheguei a escola. Foi um dia marcante!
Até então eu só conhecia o aconchego e a segurança do lar.
E ter que me relacionar com tantas crianças ao mesmo tempo foi um trauma logo no primeiro momento.
A professora começou a fazer a chamada na ordem alfabética. Foram minutos de grande expectativa até que ela chegou a letra “E” e chamou o meu nome... 

EURÍPEDES!

Eu respondi: PRESENTE!

Devido à minha timidez e por estar em um ambiente totalmente novo, eu senti aquele friozinho na barriga.
Na minha ingenuidade eu me perguntava: “Como a professora sabe o meu nome?”.
Ser chamado pelo nome por alguém que eu não conhecia previamente transmitiu-me uma sensação agradável e mudou minha vida a partir daquele momento porque eu me senti importante e valorizado. 
Mais tarde eu descobri que a professora me chamou pelo nome porque ela tinha uma lista de todos os alunos.

Deus também sempre nos chama pelo nome.

Diferente dos padrões humanos, Ele nos chama pelo nome porque nos conhece.

Em Lucas, capítulo 19, do verso 1 em diante está escrito que Jesus entrou em Jericó e estava atravessando a cidade.
Lá havia um homem chamado Zaqueu, que era um rico cobrador de impostos.
Ele queria saber quem era Jesus, mas era de baixa estatura e não conseguia ver Jesus porque a multidão atrapalhava a sua visão. 
Ele correu e subiu em uma árvore para tentar ver Jesus.
Lá vinha Jesus no meio da multidão… imprensado pelas massas…
Quando Jesus chegou perto da árvore onde Zaqueu estava... ele olhou para cima, e gritou bem alto:
ZAQUEU! DESÇA DEPRESSA PORQUE HOJE EU VOU REPOUSAR EM SUA CASA!

Jesus chamou Zaqueu pelo nome! 

Zaqueu desceu rápido e veio estar com Jesus.

Zaqueu sonhava ver Jesus de longe, mas teve a oportunidade de receber Jesus em sua própria casa.

Para quem não sabe: Zaqueu era um ladrão de luxo. Ele se aproveitava de sua profissão de coletor de impostos para desviar dinheiro para sua “conta corrente”.
No verso 8 há o registro de que a sua experiência com Jesus o levou a arrepender-se dos seus pecados e tomar a decisão de devolver quatro vezes mais o valor da quantia que ele havia furtado.

O simples fato de alguém nos chamar pelo nome faz uma diferença enorme em nossa vida, especialmente quando esse alguém é o SENHOR dos Exércitos!

A vida de Zaqueu foi transformada a partir do momento que Jesus o chamou pelo nome. E esta foi a maior experiência de Zaqueu em toda a sua vida.
Um homem que havia sido pequeno a vida inteira, não somente na estatura, mas principalmente no caráter, de repente cresceu.

Naquele dia Zaqueu não somente convidou Jesus para entrar em sua casa, mas, também o convidou para entrar em sua vida.
A sua vida foi transformada! Mas tudo começou quando Jesus o chamou pelo nome.

Zaqueu não conhecia Jesus, mas Jesus o conhecia.

Esse é o Deus que conhece todas as pessoas... O Deus que chama estranhos pelo nome...

Em Isaías 45. 1-5, o texto onde está baseada a pregação de hoje, há o registro de que Deus chamou um rei pagão pelo nome – Ciro!

Ciro governou a Babilônia de 539 a 530 a.C.
Em 2 Crônicas 36. 22-23 e Esdras 1. 2-3 está escrito que Ciro, através de Decreto, deu permissão aos hebreus cativos da Babilônia para retornar à Palestina e reconstruir o templo.
Ele também ordenou a reconstrução de Jerusalém.
Ciro não conhecia a Deus. Ele não tinha nenhuma herança religiosa que apregoasse um Deus único.

Ele era o rei de uma poderosa nação pagã que havia escravizado o povo de Israel.
O Profeta Isaías fez referência a ele:

“Assim diz o SENHOR ao seu ungido, a Ciro, a quem tomo pela mão direita, para abater as nações ante a sua face, e para descingir os lombos dos reis, e para abrir diante dele as portas, que não se fecharão. Eu irei adiante de ti, endireitarei os caminhos tortuosos, quebrarei as portas de bronze e despedaçarei as trancas de ferro; dar-te-ei os tesouros escondidos e as riquezas encobertas, para que saibas que eu sou o SENHOR, o Deus de Israel, que te chama pelo teu nome. Por amor do meu servo Jacó e de Israel, meu escolhido, eu te chamei pelo teu nome e te pus o sobrenome, ainda que não me conheças. Eu sou o SENHOR, e não há outro; além de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que não me conheças.

O mais surpreendente é que essa profecia foi escrita por Isaías quase dois séculos antes do nascimento de Ciro. 
O SENHOR chamou Ciro pelo nome quase duzentos anos antes do seu nascimento.

Sabe o que isso significa?

Deus já o conhecia!

Deus me conhece! Deus conhece você! Deus conhece cada um de nós!

Há muito tempo que o SENHOR tem procurado firmar um relacionamento de amor com você.
Em 1 João 4. 19 está escrito que “nós amamos porque Deus nos amou primeiro”.
O SENHOR conhece você muito mais do que o seu nome.
Ele conhece a sua dor... Ele conhece os seus sonhos... Ele conhece todos os detalhes da sua vida.
Ele conhece as nossas falhas e os nossos pecados. 

Você se pergunta: “Será que Deus está mesmo interessado em se relacionar comigo?”

Não subestime o Amor de Deus!

Em Romanos 5. 8 diz que Deus mostrou o seu amor por nós quando enviou Cristo para morrer em nosso lugar enquanto ainda éramos pecadores perdidos. 
É possível que agora você esteja ouvindo a voz de Deus em seu coração... 
Ele está te chamando pelo nome...
Ele quer que você dê uma resposta ao seu amor...
Ele está dizendo: “Eu sou o SENHOR que te chama pelo teu nome... Eu sou o SENHOR, e não há outro; além de mim não há Deus; eu te chamei pelo teu nome e te pus o sobrenome... eu te cingirei, ainda que não me conheças”.
O nome identifica a pessoa. Quem não tem nome, não tem identidade... Não existe!




AUTOR: Reverendo Eurípedes da Conceição
Postar um comentário